sábado, 29 de julho de 2017

A Regularização Fundiária no Frai e no bairro Nossa Senhora Aparecida opinião de um ex-vereador

Foto de divulgação - bairro Nossa Senhora Aparecida
aproximadamente 540 famílias podem ser beneficiadas 
Por Mário Henrique Vicente

O problema fundiário no Brasil tem como origem a desorganização administrativa, em geral é fruto de concessões políticas. Geralmente, alguns prefeitos populistas permitem a ocupação irregular de terrenos em troca de votos.
E, claro, em geral, os terrenos não tem condições básicas de infraestrutura, como saneamento básico, ruas pavimentadas e calçadas, para falar do mínimo. Os moradores, em geral vítimas da politicagem perversa se lançam a sorte de morar em tais condições. É melhor que pagar aluguéis extorsivos.
No Frai, não foi diferente. Há 18 anos, A ocupação desordenada do Bairro Nossa Senhora Aparecida, decorreu desta velha política e, claro, seus moradores, aliás, todos os moradores da cidade, pagam um preço muito alto.
Na época, como vereador, me manifestava que a regularização fundiária era questão de dignidade humana. Afinal, as condições mínimas de moradia importam na elevação da cidadania. Naquela época, o município poderia empreender um loteamento para baixa renda, com os investimentos necessários em infraestrutura e, principalmente, regularizados.
Esta semana, li nas redes sociais, que a associação dos moradores, novamente, toma a iniciativa de debater a regularização fundiária. É claro que o fardo e a fraude da política habitacional do município recairão sobre a Prefeitura e nossa Prefeita, mas será uma oportunidade para marcar pontos, se houver apoio a iniciativa necessária e indispensável a dignidade humana.

______

Sobre o autor: Mario Henrique Vicente é advogado, ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Fraiburgo.

Obs.: Os conceitos emitidos por artigos ou por textos assinados e publicados no Blog Esportes em  Debates são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores. Publicado originalmente no JORNAL CABOCLO
Publicidade/ Blog Esportes em Debates
Essa ação social tem o apoio do
Blog Esportes em Debates
Siga o blog nas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.